buscar
‚ÄúAs mais avan√ßadas t√©cnicas de imagem para estudos de sistemas biol√≥gicos, da mol√©cula ao organismo inteiro.‚ÄĚ
‚ÄúInfraestrutura cient√≠fica √ļnica na Am√©rica Latina.‚ÄĚ
 
     
 
     
 
24/08/2010 - Serge Sicouri

No dia 24 de agosto de 2010, O Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Biologia Estrutural e Bioimagem (INBEB) retomou o seu ciclo de palestras com um palestrante internacional.

O Dr. Serge Sicouri formou-se em medicina em 1980 pela Universidade de Buenos Aires e especializou-se em cardiologia em 1984 na Universidade de El Salvador, ambas na Argentina. Em seguida, ingressou nos pó-doutorado em farmacologia no SUNY Health Science Center Syracuse em New York, até 1987, quando ingressou no pós-doutorado no Masonic Medical Research Laboratory, Uitica, NY - onde trabalha atualmente como pesquisador na área de eletrofisiologia e farmacologia cardíaca.

Autor de 57 artigos, Sicouri tem se envolvido numa s√©rie de investiga√ß√Ķes sobre o papel da heterogeneidade el√©trica na g√™nese das arritmias card√≠acas utilizando t√©cnicas que permitem gravar simultaneamente um eletrocardiograma e os registros da atividade el√©trica de diferentes tipos de c√©lulas (endoc√°rdio, epic√°rdio e c√©lulas M) presentes em toda a parede do ventr√≠culo esquerdo do cora√ß√£o. Portanto, a t√©cnica permite avaliar os efeitos de compostos sobre a atividade el√©trica do cora√ß√£o, o que √© importante na busca de novos agentes farmacol√≥gicos. Vale ressaltar que at√© 1990 apenas se conheciam as c√©lulas do endoc√°rdio e do epic√°rdico, at√© que em 1991 o Dr. Sicouri demonstrou que, al√©m dessas, outro tipo celular existia na parede do mioc√°rdio: as c√©lulas M.

Serge explicou que o novo tipo celular identificado por sua equipe apresenta diferen√ßas el√©tricas das outras c√©lulas do cora√ß√£o, o que pode explicar algumas doen√ßas, como a torsades de pointes, que causa arritmias. A descoberta, que modificou a interpreta√ß√£o dos ecocardiogramas por m√©dicos de todo o mundo, vem causando pol√™mica tamb√©m nos testes para novas drogas farmacol√≥gicas. ‚ÄúCertos medicamentos provocavam arritmias inexplic√°veis‚ÄĚ, comentou Serge. ‚ÄúAgora, irritamos algumas pessoas ao demonstrar que algumas drogas realmente podem afetar a fun√ß√£o das c√©lulas M‚ÄĚ.

Seminario Serge

Emiliano Medei, Serge Sicouri e Jerson Lima, antes da apresentação no Auditório Prof. Marcos F. Moraes.

 
     
     
   
     
2021 - Todos os direitos reservados.