buscar
‚ÄúAs mais avan√ßadas t√©cnicas de imagem para estudos de sistemas biol√≥gicos, da mol√©cula ao organismo inteiro.‚ÄĚ
‚ÄúInfraestrutura cient√≠fica √ļnica na Am√©rica Latina.‚ÄĚ
 
     
 
     
 
INBEB cria o NEDiCi

 

O estudo das ci√™ncias possibilita ao homem conhecer o universo, o mundo, a si pr√≥prio, e desvendar os fen√īmenos (Mist√©rios!) que se manifestam no meio ambiente. Enfim, abre novas perspectivas para que possa viver com qualidade e dignidade, nesse mundo cada vez mais globalizado. O professor de Ci√™ncias precisa promover o aprofundamento do conhecimento cient√≠fico e do desenvolvimento tecnol√≥gico. Para que isto aconte√ßa existe pelo menos um grande desafio: contribui√ß√£o dos institutos de pesquisa para que o conhecimento cient√≠fico seja acess√≠vel a todos, estando inserido no processo de forma√ß√£o dos cidad√£os.

Em resposta a esta demanda o INBEB se prop√Ķe desenvolver atividades direcionadas a docentes e discentes que possibilitem enfrentar estes desafios, promovendo uma aproxima√ß√£o da comunidade acad√™mica universit√°ria e a escola, em busca de solu√ß√Ķes para a desigualdade entre a crescente produ√ß√£o cient√≠fica de nosso pa√≠s em compara√ß√£o aos recentes resultados insatisfat√≥rios alcan√ßados por nossas escolas, segundo os dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais An√≠sio Teixeira (INEP). Para contribuir com a intera√ß√£o do INBEB com a sociedade, foi criado o N√ļcleo de Educa√ß√£o e Divulga√ß√£o Cient√≠fica (NEDiCi), que tem como metas principais divulgar para sociedade os resultados dos projetos que integram o nosso INCT, al√©m de promover atividades (cursos, palestras, workshops, visitas, v√≠deos, etc...) voltadas para professores e alunos da educa√ß√£o b√°sica. O NEDiCi conta com a colabora√ß√£o de alguns pesquisadores do INBEB, como o Prof. Emiliano Medei/IBCCF/UFRJ, que j√° teve dois projetos de divulga√ß√£o cient√≠fica aprovados pela FAPERJ; com a jornalista Marina Verjovsky, respons√°vel pelo site do INBEB e por toda a √°rea de divulga√ß√£o cient√≠fica; e , atualmente, √© coordenado pela pesquisadora Patricia S. dos Santos.

A Dra. Patricia S. dos Santos tem ampla experi√™ncia na organiza√ß√£o de Cursos voltados para alunos e professores da Educa√ß√£o B√°sica e licenciandos. Desde 1996 participa dos Cursos de F√©rias oferecidos pelo Instituto de Bioqu√≠mica M√©dica da UFRJ. Participou como pos-doc do projeto ‚Äú Forma√ß√£o continuada em bioci√™ncias atrav√©s de cursos de f√©rias: desenvolvimento, avalia√ß√£o e expans√£o de uma proposta inovadora .‚ÄĚ, coordenado pela Profa. Andrea Thompson Da Poian/IBqM/UFRJ, agraciado, em 2007, pelo edital ‚ÄúObservat√≥rio da Educa√ß√£o‚ÄĚ lan√ßado pela CAPES. Nesta √©poca participou da organiza√ß√£o de Cursos de F√©rias no IBqM/UFRJ, na UFPA em Oriximin√°, nos polos do CEDERJ de Tr√™s Rios, Volta Redonda e Paracambi; e no Instituto de Educa√ß√£o Carmela Dutra/RJ para alunos do 5¬ļ ano do ensino fundamental. Al√©m destes cursos presenciais, tamb√©m participou da organiza√ß√£o dos cursos semi-presenciais oferecidos para professores da educa√ß√£o b√°sica e licenciandos, intitulados: ‚ÄúInstrumenta√ß√£o para realiza√ß√£o de Cursos de F√©rias‚ÄĚ e ‚ÄúAplica√ß√£o do m√©todo cient√≠fico na sala de aula‚ÄĚ.

Atualmente, coordena o N√ļcleo de Educa√ß√£o e Divulga√ß√£o Cient√≠fica (NEDiCi) do INBEB, onde al√©m de organizar Cursos de F√©rias e outras atividades ligadas a divulga√ß√£o cient√≠fica desenvolve um projeto de avalia√ß√£o da criatividade e da aprendizagem de alunos que participam das atividades organizadas pelo NEDiCi. Neste projeto conta com a participa√ß√£o das alunas de inicia√ß√£o cient√≠fica Andressa de Mello Bezerra, Natalia Sant¬īAnna da Silva e Raquel Cotrim, licenciandas do curso de Ci√™ncias Biol√≥gicas da UFRJ.

 
     
     
   
     
2018 - Todos os direitos reservados.